Destaque
 
Prémio Intermarché Produção Nacional

A AGROTAMANHOS, empresa associada do NERGA é uma das empresas vencedoras do Prémio Intermarché Produção Nacional.
 
O Júri do Prémio Intermarché Produção Nacional consagrou, na categoria de Produção Primária, as castanhas dos Soutos da Lapa DOP, da AGROTAMANHOS, produtor do concelho de Trancoso.
 
Os prémios foram entregues no passado dia 2 de outubro, numa cerimónia realizada na Câmara de Comércio e Indústria, em Lisboa, na presença de Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.
 
 
 
Aprovada reprogramação do PT 2020
 
A Comissão Interministerial de Coordenação (CIC) do Acordo de Parceria aprovou hoje, por unanimidade, a reprogramação do Portugal 2020.
 
A reprogramação do PT2020 tem como objetivos o reforço do alinhamento estratégico do programa com o Programa Nacional de Reformas, a concentração dos apoios e eficácia das políticas públicas e, ainda, a utilização complementar de diversas fontes de financiamento nacionais e europeias, o que permitirá maximizar o apoio dos fundos europeus ao investimento.
 

 
Vinho branco Quinta do Cardo, vencedor do 11º. Concurso de Vinhos da Beira Interior
 
O vinho branco Quinta do Cardo Vinha Lomedo Síria 2015 do produtor Agrocardo, S.A, foi o vencedor do 11º. Concurso de Vinhos da Beira Interior, promovido pela CVRBI - Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior e as Associações Empresariais de Guarda e Castelo Branco, cuja cerimónia de entrega de prémios decorreu, com a presença de 250 convidados, no Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa, no Fundão. 
 
Este concurso, realizado nos dias 19 e 20 de junho, no Solar do Vinho da Beira Interior, na Guarda, atribuiu ainda 10 medalhas de ouro e 12 de prata, num total de 72 vinhos a concurso, em representação de mais de 25 produtores da região. 
 

 
Entrada em vigor do livro de reclamações em formato eletrónico
 
Na sequência das alterações operadas pelo Decreto-Lei 74/2017, de 21 de junho, ao Decreto-Lei 156/2005, de 15 de setembro, que consagra o regime jurídico do livro de reclamações, o NERGA informa que a partir de 1 de julho de 2018, o livro de reclamações eletrónico é alargado a todas as demais atividades económicas, nomeadamente para todos os fornecedores de bens e prestadores de serviços, os quais disporão de 1 ano para se adaptar à plataforma onde o mesmo ficará localizado e acessível ao consumidor – www.livroreclamacoes.pt.
 
O operador económico obrigado a ter e disponibilizar o livro de reclamações deve fazê-lo no formato eletrónico e no formato físico (papel). O consumidor é que escolhe em que formato apresenta a sua reclamação, podendo pois fazê-lo no estabelecimento onde ele se encontra ou pela Internet, na Plataforma/Portal competente (www.livroreclamacoes.pt). Deve ainda divulgar no seu sítio da Internet, de forma destacada e em lugar visível, na página de entrada, o acesso àquele Portal, usando por exemplo o modelo infra, a exemplo do que farão igualmente os Portais do Consumidor (www.consumidor.gov.pt) e do Cidadão (www.portaldocidadao.pt), como deve, caso não disponha de website, ser titular de endereço de correio eletrónico para efeitos de receção das reclamações submetidas através do Portal.
 
 
 
 
NERGA recebeu 16 Prospetores Internacionais
 
Com o objetivo de incentivar as exportações das empresas da região, o NERGA recebe, nos dias 18, 19 e 20 de abril, uma missão inversa de 16 prospetores internacionais
 
No âmbito do projeto Exportar+, iniciativa com o objetivo de fomentar  as exportações das empresas da região, o NERGA recebeu, de 18 a 20 de abril, 16 prospetores internacionais, oriundos da Alemanha, Polónia, Marrocos e Emirados Árabes Unidos, com a finalidade de potenciar contactos direto com empresários da região e fomentar as exportações para estes países.
 
Os prospetores internacionais pertencentes aos setores do agroalimentar, mobiliário e madeira, metalurgia e metalomecânica e Rochas Ornamentais, não só visitaram algumas empresas da região destes setores, como também reuniram com empresários destas regiões em reuniões individuais (B2B). As reuniões havidas, entre os prospetores internacionais e os representantes das empresas da região, permitiram celebrar mais de uma centena de acordos de cooperação.
 
 
 
Entrega de Prémios do 1º. Concurso 4INOVA.PT
 
A entrega de prémios do 1º. Concurso 4INOVA.PT decorreu na passada sexta-feira, dia 9 março, nas instalações do NERGA, durante o jantar-conferência que encerrou a Semana da Competitividade, cujo orador principal foi o Dr. Alexandre Almeida, da Agencia par a Inovação - ANI.
 
Este primeiro concurso registou a participação de 35 projetos de 21 empresas, dos mais variados setores e regiões, tendo o júri selecionados os três melhores projetos das sete categorias a concurso, a saber: Tecnologia e Processos; Produtividade, Gestão e Qualidade, Estratégia, Marketing e Comunicação, TIC, Sustentabilidade e Eficiência Energética, Intersector (Variedade Relacionada).
 
O 4INOVA.PT é um projeto cofinanciado pelo Compete 2020, no âmbito de uma candidatura apresentada ao Sistema de Apoio a Ações Coletivas – SIAC pelas associações empresariais de Castelo Branco, Guarda, Vila Real e Viseu, com o objetivo de desenvolver um sistema de Monotorização da Inovação no Território, estimular e apoiar as empresas nos processos de inovação, criar valor acrescentado e atrair investimento e população. 
 
 
 
Atualização de Dados dos Associados do NERGA
 
De modo a chegar sempre até si, agradecemos o preenchimento deste formulário de atualização de dados dos associados do NERGA.
 

 

Contratação

 

 

 

Apoio às Empresas
 
Portugal 2020 - Aberturas de Novas Candidaturas 
 
Sistema de Incentivos Internacionalização das PME

Para as empresas que procuram reforçar a sua capacidade empresarial através do desenvolvimento dos seus processos de qualificação para a internacionalização valorizando os fatores imateriais de competitividade.
 
Data de início: 03-08-2018 | Data de encerramento: 31-10-2018
 
 
Sistema de Incentivos Qualificação das PME

Para as empresas que visam reforçar a sua capacitação empresarial através da inovação organizacional, aplicando novos métodos e processos organizacionais, com recurso a investimentos imateriais na área da competitividade.
 
Data de início: 03-08-2018 | Data de encerramento: 28-09-2018
 
 

Abertura de Candidaturas: Vale Comercio, Internacionalização, Economia Circular, Incubação e Oportunidades de Investigação
 
No âmbito do Portugal 2020, encontram-se abertas, com uma taxa de apoio de 75% a fundo perdido, os seguintes sistema de incentivos: 
 
 
Os Vales permitem as PME, sob qualquer natureza e forma jurídica e com pelo menos 3 postos de trabalho, exceto candidaturas apresentadas ao Vale Incubação, adquirirem serviços de consultoria em determinadas áreas. 
 
As candidaturas encontram-se abertas até ao final do mês de Outubro de 2018.
 
As empresas interessadas podem informar-se junto Gabinete de Apoio Empresarial do NERGA
 
 
Linha de Crédito Capitalizar 2018
 
Lançada pelo Ministério da Economia, a 11 de julho de 2018, a Linha de Crédito Capitalizar 2018 tem uma dotação de 1.600 milhões de euros, distribuídos por um conjunto de instrumentos financeiros dirigidos maioritariamente a PME:
 
Com montantes de financiamento entre 50 mil e 2 milhões de euros por empresa e prazos que variam entre 3 e 10 anos, a Linha de Crédito Capitalizar 2018 está disponível nos balcões dos bancos aderentes. 
 

 
Linha de 100 milhões de euros para promover eficiência energética na indústria
 
O Governo lançou uma nova linha de crédito no valor de 100 milhões de euros que se destina à indústria e ao turismo e tem como principal objetivo tornar as empresas mais competitivas, através da redução do consumo energético, da redução dos custos de produção e da alteração de fontes energéticas.
 
O financiamento pode ser utilizado em operações destinadas a financiar investimentos para melhorar o desempenho energético das instalações industriais e turísticas. Apoiando, por exemplo, no setor do turismo, a alteração de sistemas de aquecimento, ou o isolamento das unidades hoteleiras. Na indústria este financiamento enquadra-se em investimentos que permitam a reutilização da energia envolvida em diferentes fases dos processos produtivos ou na melhor gestão energética dos equipamentos.
 

 
IAPMEI lança nova linha de financiamento para startups 
 
O IAPMEI disponibiliza um novo mecanismo de financiamento e crédito para apoiar a criação de empresas e o desenvolvimento de novos negócios, por microempresas na fase inicial do seu ciclo de vida através de financiamento bancário, com garantia mútua. 
 
A nova Linha de Apoio Desenvolvimento Negócio 2018 - ADN Start Up, lançada juntamente com o Turismo de Portugal, a SPGM, a Agrogarante, a Garval, a Lisgarante e a Norgarante, destina-se a microempresas criadas há menos de quatro anos que disponham de, pelo menos, 15% de capitais próprios. No caso da microempresa ainda não estar criada, a garantia será emitida após constituição formal da empresa.
 
Os pedidos de financiamento poderão estender-se por um máximo de oito anos, estando prevista uma garantia de 75% para os valores em dívida contraídos através desta nova linha de financiamento.
 

 
Medida Cheque-Formação

No quadro do Compromisso para o Crescimento, Competitividade e Emprego, assinado pelo Governo e pela generalidade dos Parceiros Sociais, foi estabelecido o lançamento do Cheque-Formação enquanto medida relevante para a melhoria da produtividade e da economia do país.

O apoio a atribuir, por trabalhador, considera:

A duração máxima de 50 horas de formação, no período de dois anos;

Um valor/hora de € 4, num montante máximo que poderá atingir os € 175, sendo que o apoio a atribuir não pode exceder 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.

Ler mais

Programa de Formaçã-ação: Candidate já a sua Empresa

Dê novos horizontes à sua empresa, participe no Programa de Formação-ação promovido pelo NERGA.
As empresas interessadas em participar devem preencher o formulário de pré-adesão abaixo e devolver para apoioempresarial@nerga.pt.

Formulãrio de Pré-adesão

Ler mais

 
Senho@r Associad@:
 
Preenchem Aqui o seu Questionário de Avaliação de Satisfação.
 

Senho@r Empresári@:
 
O Código do Trabalho estabelece para os trabalhadores o dever de formação contínua certificada, que deve ser cumprido anualmente e que corresponde a um mínimo de 35 horas/trabalhado.
 
Com este propósito o NERGA dispõe-se a apoiá-lo  e a encontrar  soluções que correspondam às necessidades formativas da sua empresa.
 
 

 

Formação

Programas de Formação-ação

Programa Move Pme

Programa Melhor Turismo 2020



Diagnóstico de Necessidade de Formação

Faça aqui o levantamento de necesidades de formação da sua empresa.

 

 

 


 

 

Notícias


E-INOVAÇÃO - II FÓRUM DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO DA GUARDA
IPG | 19 de outubro 2018 | 9h30

 Faça a sua inscrição AQUI

 

 


Projectos

 

 


  


   


 

 


 


 


Parceiros