Destaque
Governo prolonga prazos de moratórias até 30 de setembro de 2021
 
O Governo aprovou esta quinta-feira, 24 de setembro, o prolongamento de moratórias por mais 12 meses e foca-se nas empresas de turismo, cultura e setores sociais, de acordo com informação prestada pelo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, em conferência de imprensa após reunião do Conselho de Ministros.
 
“As medidas excecionais de proteção dos créditos das famílias, empresas, instituições particulares de solidariedade social, e demais entidades da economia social, passam a vigorar até 30 de setembro de 2021”, pode ler-se no comunicado do Conselho de Ministros.
 
Ler mais
 

NERGA e ADSI criam plataforma  para dinamizar a economia  Regional
 
Atendendo as vantagens que a economia digital oferece, o NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda e a Associação Distrital para a Sociedade de Informação - ADSI entenderam ser este o momento oportuno, para unir esforços e concretizar a plataforma “BEIRANOSSA”, uma “marketplace” agregadora dos produtos da região, disponível em www.beiranossa.pt.
 
A plataforma digital “BEIRANOSSA” surge assim, com o objetivo de apoiar as empresas da região, em particular do comércio, na procura de novas oportunidades de negócios, de modo a potenciar os seus negócios e superar os constrangimentos do mercado.
 
  

Lançado novo Guia Fiscal do Interior
 
O Governo disponibilizou esta quarta-feira, 20 de março, um Guia Fiscal do Interior onde constam os benefícios fiscais de que os contribuintes podem usufruir em territórios do interior do país.
 
O Guia Fiscal do Interior, elaborado pela Secretaria de Estado da Valorização do Interior e pela Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais, com o apoio da Autoridade Tributária e Aduaneira, está dividido em três capítulos, e tem informação sobre os benefícios fiscais para as famílias, benefícios fiscais transversais (de apoio às empresas e ao investimento) e benefícios fiscais à silvicultura (muito importantes nestes territórios).
 
 
 
NERGA, 36 anos de existência em prol das empresas
 
Hoje, 7 de maio 2020, o NERGA celebra 36 anos de existência, em prol das empresas e do desenvolvimento socioeconómico da Região. 
 
O momento que hoje atravessamos, impede-nos de festejar este aniversário com a dignidade que esta data merece.
 
Apesar das dificuldades, dos constrangimentos e do futuro incerto que mina a atividade empresarial, provocada por esta crise sem precedentes, não posso deixar de dar umas palavras de alento e confiança aos nossos associados.
Certamente haverá um antes e depois COVID 19, contudo, é preciso acreditar no futuro das nossas empresas e da região. Sendo este o nosso maior desafio e que o caminho será longo e difícil, mais de que nunca temos de apelar a nossa capacidade de resiliência. A sobrevivência das empresas, depende da nossa capacidade de repensar o nosso negócio e reinventar a nossa atividade. 
 
Ciente desta importância, o NERGA já se encontra a trabalhar em diversas iniciativas e programas, dirigidos aos mais diversos setores, que contribuem para esta mudança e para a manutenção das empresas na região. 
 
Sabemos que os atuais desafios, face à sua dimensão e natureza, não são tarefas de uns ou de outros, são necessariamente de todos, pelo que da nossa parte continuamos determinados a dar o melhor de nós próprios, a favor da competitividade do tecido empresarial e do desenvolvimento económico da região.
 
Juntos pelo futuro… Juntos venceremos …  
 
Pedro Tavares, Presidente da Direção do NERGA
 
 
 
NERGA elabora Plano de Contingência

Tendo em consideração o surto de COVID 19 e em consonância com orientações da DGS - Direção-Geral da Saúde, o NERGA elaborou um plano de contingência para todos os seus serviços e atividades desenvolvidas.
 
A implementação das medidas previstas neste plano de contingência tem por finalidade, não só reduzir ao mínimo a repercussão do COVID-19 nas atividades da instituição como também promover a saúde dos seus utilizadores e da sociedade em geral.
 
Consulte AQUI o Plano de Contingência 

69 Empresas da Região recebem o estatuto de PME Líder 2019
 
O IAPMEI e o Turismo de Portugal distinguiram 69 empresas da Região com o estatuto de PME Líder 2019.
 
Esta distinção, atribuída por estes dois organismos públicos, em parceria com 10 bancos que operam no nosso país, pretende sinalizar as PME com desempenhos superiores, reconhecendo publicamente o sucesso da sua estratégia empresarial e a sua importância para a economia nacional.
 
O NERGA felicita todas as empresas da região distinguidas com esta nomeação.
 
 
 
   
Atualização de Dados dos Associados do NERGA
 
De modo a chegar sempre até si, agradecemos o preenchimento deste formulário de atualização de dados dos associados do NERGA.
 

 

Contratação

NERGA 01/2020 – Aquisição de Serviços de Formação Especializada e Formação em Projetos de Formação-ação

Ler mais

 

Apoio às Empresas

Abertas Candidaturas PORTUGAL 2020

Aviso N.º 08/SI/2020 (Fase 4)
SISTEMA DE INCENTIVOS “INOVAÇÃO PRODUTIVA”
TERRITÓRIOS DE BAIXA DENSIDADE

Ler mais 

 
PROJETOS AUTÓNOMOS DE FORMAÇÃO 
 
 
SISTEMA DE INCENTIVOS  | PROJETOS DE 
FORMAÇÃO EM PROCESSOS DE INOVAÇÃO 
 
 

Programa de Formaçã-ação: Candidate já a sua Empresa

O NERGA está a preparar candidaturas ao Portugal 2020, no âmbito dos projetos conjuntos de formação – ação, enquadrados no eixo da Qualificação de PME do POCI – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020). As intervenções serão entre 2019 e 2020, com uma duração máxima de 12 meses.

Com uma vasta experiência na gestão e desenvolvimento de projetos de ação-formação, a equipa gestão da NERGA está disponível para prestar qualquer esclarecimento necessário e/ou ajudar as empresas na sua manifestação de interesse.

O apoio a conceder tem a contribuição do Fundo Social Europeu - FSE limitada a 90%, sendo os restantes 10% suportados por esta Associação Empresarial.

As empresas interessadas deverão preencher a ficha de manifestação de interesse.

Medida Cheque-Formação

No quadro do Compromisso para o Crescimento, Competitividade e Emprego, assinado pelo Governo e pela generalidade dos Parceiros Sociais, foi estabelecido o lançamento do Cheque-Formação enquanto medida relevante para a melhoria da produtividade e da economia do país.

O apoio a atribuir, por trabalhador, considera:

• A duração máxima de 50 horas de formação, no período de dois anos;

• Um valor/hora de € 4, num montante máximo que poderá atingir os € 175, sendo que o apoio a atribuir não pode exceder 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.

Ler mais

 
 
Senho@r Associad@:
 
Preenchem Aqui o seu Questionário de Avaliação de Satisfação.
 
 

 

Formação

Programas de Formação-ação

Programa Move Pme

Programa Melhor Turismo 2020



Diagnóstico de Necessidade de Formação

Faça aqui o levantamento de necesidades de formação da sua empresa.

 

 

 


 

 

Notícias

 

 

_____________________________________________

  

 

 

 

 

 

 

 

 

Projectos

 

 


  



 

   


 

 


 


Parceiros